Shonen: demografia ou gênero?

Muito se discute internet afora sobre a categorização de coisas. E não seria diferente no fandom de animes e mangás. Então, com o advento da internet, uma confusão começou a surgir, afinal shonen é um gênero? A resposta curta é “não”, e a longa é “não, não é”. Continuar lendo Shonen: demografia ou gênero?

Violet Evergarden: O prisma Violeta

Às vezes eu acho a adaptação de Violet Evergarden questionável. Tal qual eu falei anteriormente, cada mídia tem suas próprias vantagens. Porém, não consigo compreender algumas mudanças. E não me entendam mal, o roteiro do anime está bom. No momento não tão bom quanto sua contraparte, mas quem sabe no futuro? O problema é que a escrita da light novel é excepcional e por isso se torna impactante. Enquanto o anime tem deixado de lado ou adiado alguns pontos do roteiro em favor de uma construção mais lenta. Eu torço para ser surpreendido. O segundo episódio só teve uma cena tirada do material original. Ainda assim, isso não quer dizer que não existam influências da light novel no trabalho da Kyoto Animation. Esse episódio foi muito bom em manter a caracterização dos personagens e temas através de uma história própria.

Continuar lendo Violet Evergarden: O prisma Violeta

Godzilla: Planeta dos Monstros é um terror

Eu gosto de consumir coisas ruins. Ver as paradas ruins e entender o motivo delas o  serem auxilia na hora de entender porque o bom é bom. Por outras vezes, assistir coisas ruins pode render gostosas gargalhadas. Godzilla: Planeta dos Monstros cai na primeira categoria, e nesse texto eu pretendo explicar o porquê. Continuar lendo Godzilla: Planeta dos Monstros é um terror

Violet Evergarden: A garota soldado e o seu tudo

Há muito tempo não havia um anime tão antecipado quanto Violet Evergarden. A obra da Kyoto Animation estreiou no dia 11 de janeiro de 2018 e rendeu muita discussão. Desconsiderando uma minoria ignorante a respeito da diferença entre animação e estética visual ou da possibilidade de que um input artístico pode ter alguma contribuição narrativa, é consenso geral de que é uma obra com bastante potencial. Porém, não irei me focar nesses pontos. Violet Evergarden é uma adaptação de uma light novel escrita por Kana Akatsuki. Seu trabalho foi o primeiro e único em oito anos de premiações a receber o Grande Prêmio no Kyoto Animation Awards.

Continuar lendo Violet Evergarden: A garota soldado e o seu tudo

Meus jogos favoritos de 2017

2017 foi um ano excelente para jogos. Todo ano é um bom ano para jogos mas alguns anos conseguem exceder nossas expectativas em relação a qualidade de jogos lançadas como por exemplo 1998, 2007 e 2013 que foram anos com uma qualidade invejável.

Continuar lendo Meus jogos favoritos de 2017

Your Name é…bonito

Eis que, mais de um ano depois do lançamento de Your Name eu assisti ao filme, e ele é bonito, mas não muito mais que isso pra falar a real. Importante avisar que esse texto com SPOILERS e vai parecer mais negativo que positivo, se quiser opiniões diferentes (e provavelmente corretas) pode ouvir o nosso podcast dos melhores e piores de 2016, ou provavelmente qualquer outro lugar da internet a essa altura. Continuar lendo Your Name é…bonito

Kodansha e suas revistas de mangás

A Kodansha foi fundada em 1909 por Seiji Noma como um spin-off de Dai-Nippon Yubenkai (Greater Japan Oratorical Society) e teve sua primeira revista publicada no mesmo ano em que se chamava Yuben. O nome Kodansha se originou em 1911 quando a editora se fundiu com seu grupo original e desde 1958 o nome é usado legalmente para a empresa.

Continuar lendo Kodansha e suas revistas de mangás

Danganronpa V3 não é sobre encarar a verdade, mas sobre compreender a mentira.

Danganronpa V3: Killing Harmony é possivelmente o ultimo jogo da série Danganronpa.  Danganronpa é uma série de jogos (que se estendeu em light novels, mangás e anime posteriormente) criada por Kazukata Kodaka. O jogo mistura elementos de outras franquias como Ace Attorney e Zero escape, possui uma identidade visual bem única e tem personagens extremamente carismáticos. Continuar lendo Danganronpa V3 não é sobre encarar a verdade, mas sobre compreender a mentira.

Filmes de Persona 3 – A Importância do Como

Recentemente foi anunciado que Persona 5 (RPG da Atlus lançado esse ano) vai ganhar uma série em animação. Com isso eu decidi dar aquela olhada no histórico da franquia com adaptações. E essa aventura me trouxe até a quadrilogia de filmes do Persona 3.

Persona 3 é, por mais óbvio que pareça, um jogo de videogame. Esse fato faz com que ele seja parte de uma mídia interativa e, diferentemente do cinema, o papel do consumidor da mídia é fundamental para o andamento da mesma. Algo claramente não entendido pela adaptação. (esse texto foi escrito após eu ter assistido aos dois primeiros filmes de Persona 3)

Continuar lendo Filmes de Persona 3 – A Importância do Como